Forza Horizon - Já não está na hora de um novo?

@uroichy-san

 A indústria de games tem tomado alguns rumos diferentes nos últimos anos, como a prática de lançar jogos e só depois lançar o restante do conteúdo, em forma de DLC por exemplo, o que foi bem irritante quando começou a virar rotina.

 Temos visto também o famoso season pass, que muitas vezes só garante frustrações futuras, já que muitos jogos chegam muito inferiores ao que é prometido, sem falar nos conteúdos extras, que muitas vezes são prometidos e nunca acontecem. Entre várias outras coisas.

 Contudo, uma das práticas que até que nos trouxeram benefícios foi a frequência com que jogos são lançados, onde passamos de muitos anos de desenvolvimento para apenas alguns poucos, as vezes até dois ou três. E uma dessas franquias foi a franquia Forza Horizon, que surgiu fazendo barulho, e uma de suas grandes consistências é justamente o lançamento rápido, sendo que do 1 ao 4 temos um intervalo de dois anos entre um e outro, e com base nisso... será que já não está na hora do próximo?

Forza Horizon:

 Passando-se no estado do Colorado, o primeiro game foi uma grata surpresa para os fãs da série Motorsport. Utilizando a física do Motorsport 4, o primeiro Horizon permitiu aos jogadores ter uma liberdade que não era possível nos outros games.

 Sendo mais arcade, enquanto Motorsport é mais simulação, Forza Horizon apresentou os jogadores a um estilo de jogos de corrida que só apareceu novamente alguns anos mais tarde. Permitindo corridas e exploração mais livres e descompromissados do que da série principal de Forza.

Forza Horizon 2:

 Em 2014 chegava a continuação do primeiro game. Passando-se ao norte da Itália e ao sul da França, o segundo game duplicou o tamanho do mapa, incluindo placas de bônus para serem atropeladas, provas de habilidade para testar o jogador, e os, hoje conhecidos, drivatars, que eram como fantasmas dos jogadores que ficavam andando pelo mapa e podiam até ser desafiados. O sistema online também fez sua estréia neste game, onde os jogadores podiam se juntar com seus amigos e correr pelo mapa do jogo.

Forza Horizon 3:

 Em 2016 nós fomos agraciados com o terceiro game da franquia, e o primeiro para a geração Xbox One.

 Passando-se na Austrália, o game foi um avanço considerável em termos de criação, já que contou com um cenário criado em detalhes de alta definição, e com destaque para o céu, que foi criado com fotos tiradas por uma câmera 12K HDR, que tirou centenas de fotos num ciclo de 24 horas, e isso dá uma beleza única ao game.

 A gameplay em si manteve os desafios de habilidade, e os drivatars, e adicionou a possibilidade de contratarmos os drivatars de amigos, adicionando também os radares de velocidade, onde podíamos marcar recordes de velocidade que eram então registrados online para todos os jogadores poderem ver e tentar bater a marca. O mapa novamente foi aumentado, e novas rádios adicionadas.

Forza Horizon 4:

 2018, e então chegou o mais recente da série Horizon, o quarto game da série nos levou ao Reino Unido, onde podemos explorar o mapa com uma liberdade nunca antes vista na série.

 Já no lançamento o game contava com 450 carros de 100 montadoras diferentes. Um número que já se expandiu desde então. Uma novidade fantástica foi o clima, onde agora temos primavera, verão, outono, e inverno, que mudam a cada semana do calendário real, ou seja, toda semana, semana real, uma nova estação começa, mudando completamente a gameplay e a abordagem em cada terreno.

 O sistema online agora é ativo, e o tempo todo encontramos carros de outros jogadores, sendo realmente outros jogadores, passeando e correndo pelo mapa. E fora de corridas online não é possível bater no carro de outro jogador, o que impede atos infantis, impedindo aqueles jogadores que só querem atrapalhar.

Conclusão:

 Foi possível notar? A cada dois anos nós recebemos um título novo para a série, de 2012 a 2018 foram quatro títulos que nos maravilharam e nos divertiram muito. E outro detalhe interessante é a forma como a série sempre foi anunciada, que, ao menos o 3 e o 4, apareceram na E3 sem ter sido previamente anunciados com muito barulho, o que nos deixa esperançosos para uma continuação ainda este ano, até porquê, a Microsoft já anunciou um novo console, mas ainda não falou muito sobre jogos para este ano, afinal, felizmente, a Microsoft ainda não pretende abandonar o Xbox One básico.

 Ainda não houveram rumores e nem parece que tem muita gente preocupada com isso, mas o simples fato de termos tido quatro jogos em intervalos de dois anos, e o fato de eu ter gostado muito da série toda, me deixaram pensando se já não está na hora de termos um game novo, e justamente o fato de fazer dois anos do lançamento do último me deixou pensando, e penso que há boas chances de termos algo sobre ele, mesmo que um anúncio, ainda este ano.

 Jogos de corrida arcade se perderam ao longo dos anos, e atualmente parece que só estão vivos por conta da série Forza Horizon, The Crew 1, e o novo Need for Speed. Tenha você jogado todos, apenas os do Xbox 360, ou os do One, ou tenha conseguido jogar todos, certamente a série Forza Horizon te marcou, então eu deixo aqui a mesma pergunta, será que já não está na hora de um game novo?

Like