Zerei: Shining Force

@kapi-wara

'May the Powers of Light be always with you!'

Não sei se tem alguém velho aí que curte esses jogos antigos do Mega Drive/ Genesis. Vou só registrar aqui e pronto.

Shining Force é o nome de um RPG tático extremamente simpático e muito bom do Mega Drive. Com esse check in, enfim começo a conhecer mais jogos de consoles que nunca tive na vida.

Eu já tinha começado SF a algum tempo já que meu vício em RPG tático começou a cantar novamente graças ao FE Genealogy of The Holy War. Com o 3ds desbloqueado, baixei o emulador ainda quando jogava o FE 4 e joguei bem devagarinho.

Eu apanhei um pouco pq ele não separa o meu turno do turno dos inimigos, ou seja são turnos intercalados. Às vezes eu movia 3 units minhas e o inimigo 1 ou vice-versa. Peguei a manha com o tempo e avançava bem devagar colocando magos e clérigos atrás dos meus knights. E demorei pra pegar o jeito com as magias pq elas são multi-hit :O e ainda consomem mana ou MP que é muito baixo no início.

O que mais chamou minha atenção nesse jogo é como o combate é absurdamente bonito e bem detalhado. De um certo modo, as lutas desse jogo lembram a excelente competência gráfica dos FEs de GBA e seus belíssimos sprites. Esse foi um dos maiores motivos que me levou a jogar isso.

Mas o jogo não é full tático como FE. Existe uma exploração nas cidades para conversar com NPCs e comprar itens e equipamentos. E gostei muito do portrait dos personagens. Bem detalhados e coloridos, uma pena que não peguei todos por causa da minha mania de jogar blinded.

Sobre a dificuldade, achei um pouco complicado no início por causa dos turnos. Depois q comecei a trocar os equipamentos, achei fácil e conforme foi se aproximando do fim, o jogo teve um salto gigantesco na dificuldade. Mas ele te dá muita colher de chá: mesmo q o char morra, o jogo salva o xp ganho então vc pode basicamente grindar no msm mapa o quanto quiser, porém perdendo muito dinheiro. E nessa hora é bom usar Egress ou Angel Wing pra ficar grindando sem penalidades.

Esse foi o primeiro mapa que começou a complicar. Eu fiquei na dúvida se eu promovia minhas units ou não pq o esquema de level up é parecido com FE mas  bem distinto. A cada lvl up, a unit ganhava um ponto. O ponto é q a unit promovida quando pega level up ganha muuuuuuito mais pontos (até uns 7 ou 9 em vários stats Lol) aí cheguei nesse mapa ainda com várias units base e sofri um bocado. 

A Mishaela nessa luta vem com Bolt level 2 que é uma magia forte demais e limpava meu time com muita facilidade. Ainda bem que esse jogo não tem permadeath pq a quantidade de vezes que o povo morreu não foi brincadeira. Sorte que o padre cobra bem barato para ressuscitar minhas units kkkkk.

A batalha final tbm foi uma chacina pq o Dark Dragon ficava dando dano em área e ficava spawnando Armed Skeletons. Sacrificando algumas units, eventualmente derrotei o dragão e assim zerei.

Aqui o time que usei

Guntz era o maior tank do jogo e ficou muito útil com +2 movimento. Mae e Pelle batiam bem forte e tinham excelente movimentação. Anri e Tao ficaram meio atrasadas no jogo mas viraram excelentes Wizards. Lowe e Khris só serviam pra curar e não tiveram muito destaque. Gort virou um ótimo Gladiator e afundou no chão muito inimigo. Usei bastante o Luke mas no final ele não conseguiu mais acompanhar o time e morria muito fácil. Hans era legal de usar no começo mas no fim começaram a aparecer muitos monstros de def alta, aí a utilidade dele caiu demais. Por fim Balbaroy era minha pior unit, msm sendo voador, ele era fraco demais e incapaz de causar mais do q 1 de dano msm usando uma Broadsword. 

E aqui o meu personagem principal

Ótimo jogo de verdade, gostei bastante de terminar mais um RPG tático já que entrei em uma pequena quest de continuar conhecendo mais e mais SRPG já que é um gênero que as pessoas não gostam muito mas que me diverte demais. Espero que o Mega Drive tbm me proporcione bastante jogos divertidos para continuar conhecendo.

Like